Concrete Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como calcular o tempo de execução da obra

Tempo de execução da obra.png
Cumprir com as metas do projeto de acordo com as etapas pré-estabelecidas é primordial para entregar obras mais eficientes e menos custosas. Confira!

O tempo de execução da obra é um dos principais aspectos a serem levados em conta na elaboração de um projeto de engenharia. 

É através dessa projeção que os responsáveis pela obra conseguem dimensionar os custos e o trabalho a ser aplicado, o que resultará em uma série de desdobramentos referentes ao projeto.

Para entender mais sobre como calcular o tempo de execução da obra de forma assertiva e organizada, conversamos com Ricardo Bazzani Dranka, Coordenador de Planejamento e Orçamento da Rottas Construtora e Incorporadora, e Valentina da Silva, Analista de Planejamento da mesma empresa.

Vamos conferir as dicas que eles nos passaram? Siga lendo e tire suas dúvidas sobre o tema!

Qual a importância de calcular o tempo de execução da obra?

Segundo os especialistas, “um dos principais motivos para se calcular o tempo de execução da obra é ter um objetivo claro: quando a obra possui um bom planejamento de longo prazo com datas de início e término precisas, há mais clareza para a equipe do que deve ser feito, removendo as restrições para evitar possíveis atrasos.”

Portanto, ter um cálculo bem feito pode ajudar a reduzir gastos de materiais e equipe, além de oferecer um prazo de conclusão do projeto mais claro, o que pode representar maior prestígio e ganhos para a empresa ou construtor.

“Além disso, ao calcular o tempo de execução, é possível que haja um melhor planejamento físico e financeiro da obra, determinando o seu gasto mensal e seu custo fixo previsto, itens que influenciarão diretamente em outros processos dentro da empresa”, complementam Dranka e Silva.

Dicas para calcular o tempo de execução da obra

Mas, afinal, o que deve ser feito para calcular o tempo de execução de obra de forma correta? Pedimos aos nossos convidados que apontassem algumas dicas sobre o assunto. Leia mais:

“A melhor forma de se validar o tempo de execução de uma obra é analisando históricos: estudar obras semelhantes, seja pelo histórico da própria empresa ou através de benchmarking”, explicam os representantes da Rottas Construtora e Incorporadora.

Eles complementam: “Mas é importante lembrar que cada obra tem sua particularidade e isso deve ser levado em consideração. É fundamental definir as atividades e suas respectivas produtividades, pois isso possibilita calcular com mais precisão o tempo de execução total da obra.”

Passo a passo de um cronograma de obras

Pedimos ainda que os especialistas nos ajudassem elaborando um passo a passo para que o cronograma siga o tempo de execução de obra previsto. Confira:

"Um cronograma de obras deve conter os serviços a serem executados e as datas de sua execução. Para elaborar um cronograma de obras, é necessário:

  • Ter ciência de qual método construtivo será empregado;
  • Determinar os pacotes de trabalho que tal método construtivo engloba;
  • Estipular a produtividade e tempo de execução de cada pacote de trabalho;
  • Estabelecer as predecessoras de cada atividade, ou seja, as dependências de cada serviço.

Também é importante definir uma ferramenta que se adeque às necessidades da empresa, seja ela uma Linha de Balanço, Gráfico de Gantt ou algum outro método."

Como otimizar o tempo de execução de obra?

Por fim, consultamos os entrevistados sobre ações que podem ser tomadas para otimizar o tempo de execução da obra, gerando mais ganho de eficiência e cumprimento das metas propostas no projeto.

"Para otimizar o tempo de execução da obra, é fundamental ter um bom planejamento pré-obra. Um planejamento pré-obra nada mais é que preparar o terreno; ou seja, iniciar a obra com todos os projetos prontos, ter um planejamento de longo prazo bem definido, ter bons fornecedores definidos, ter ferramentas de controle para o decorrer da obra", explicam Dranka e Silva.

Eles destacam ainda ações que podem ser aplicadas para otimizar esse andamento ao longo da obra:

"No decorrer da obra, é fundamental buscar eliminar as atividades que não agregam valor, pois elas geram desperdício. Um bom planejamento de longo prazo previne que haja muito tempo de espera entre as atividades, gerando assim uma otimização da sequência dos pacotes de trabalho e uma possível redução de prazo."

Por fim, os entrevistados oferecem ainda um último conselho muito valioso para quem quer acertar na hora de calcular o tempo de obra e garantir que o andamento do projeto seja feito da forma adequada.

"Outra maneira de otimizar o prazo de obra é a busca por melhoria contínua. Aprimorar os processos continuamente é imprescindível para se obter um bom desempenho e reduzir o desperdício no canteiro", concluem.

Gostou deste artigo? Então, baixe também o "Guia do cronograma de obras".

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro de Concrete Digital lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo revistas digitais, webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar