Concrete Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como o concreto leve é usado na construção?

Como o concreto leve é usado na construção.jpeg
O concreto leve é um tipo de material utilizado na construção civil para reduzir o peso da obra. Confira suas aplicações!

Você já ouviu falar em concreto leve? Ele é um tipo de material utilizado na construção civil para reduzir o peso da obra. 

Em outras palavras, esse material é especial. Isso acontece devido à diferença de massa existente entre esse tipo de concreto e o concreto convencional. 

Para falar um pouco mais sobre o assunto, entrevistamos a doutora em engenharia da construção e professora nos eixos de materiais e construção civil do curso de engenharia civil da Universidade Positivo, Ana Paula Brandão Capraro.

Vamos aprender mais sobre o assunto? Continue conosco!

Como funciona o concreto leve?

Ana Paula Brandão Capraro explica que, enquanto o concreto convencional tem massa específica em torno de 2400 kg/m³, o concreto leve pode apresentar valores inferiores a 1000 kg/m³.

“A redução na densidade do material se dá pela substituição dos agregados convencionais por insumos de baixo peso ou pela incorporação de aditivos que aumentam o volume de vazios (ar) do material”, ressalta a especialista.

Quais são as características do concreto leve?

A principal característica do concreto leve é, como o próprio nome sugere, a sua leveza. No entanto, ele apresenta outras características, como:

  • resistência inferior à compressão;
  • restrições de uso para fins estruturais;
  • menor proteção à armadura, devido ao maior índice de vazios. 

Capraro explica que ele “É amplamente utilizado em reformas ou em outros casos em que é necessário investir em alternativas mais leves para a estrutura, vedação e/ou revestimento”.

Quais são os principais tipos de concreto leve?

O concreto leve pode ser dividido em três grupos principais: aerado, celular e estrutural. Capraro explica mais sobre cada um deles. Confira!

Concreto aerado

O concreto aerado tem uma maior quantidade de ar em seu interior. Essa característica é dada pela adição de aditivos incorporadores de ar durante a sua execução. 

Esse tipo de concreto possui densidade em torno de 1000 kg/m3 e não é recomendado para fins estruturais. Afinal, ele apresenta baixa resistência à compressão. Portanto, o seu uso é mais comum para o sistema de vedações — como divisórias e painéis. 

Concreto celular

O concreto celular é obtido por meio da adição de espuma especial ou outro agente expansor durante sua execução, formando bolhas de ar no interior do material, tornando-o mais leve. 

Esse concreto, cuja densidade varia de 300 a 1800 kg/m³, é comumente utilizado para embolsos e nivelamento de pisos e lajes. Além disso, ele é empregado em elementos pré-fabricados — como painéis e blocos de vedação. 

Concreto leve estrutural

O concreto leve estrutural, por reduzir consideravelmente o peso da obra, possibilita o atendimento de grandes vãos e o uso em projetos flutuantes. 

Para tornar o concreto leve é feita a substituição dos constituintes naturais (agregados naturais) por insumos com massa específica mais leve, como o poliestireno expansível (EPS), argila expandida ou vermiculita. 

Quais são as principais matérias-primas para o concreto leve estrutural?

As principais matérias-primas para o concreto estrutural leve são: o EPS, a argila expandida e a vermiculita. 

  • EPS: mais conhecido como isopor, é uma resina termoplástica com alta flexibilidade e maleabilidade;
  • argila expandida: também empregada em substituição ao agregado natural, possui baixa massa específica e boa resistência à compressão;
  • vermiculita: é um mineral e, de forma semelhante à argila, quando aquecida a uma temperatura adequada, suas partículas sofrem uma expansão, aumentando, assim, o seu volume original.

Como o concreto leve com EPS é utilizado na construção? 

“O concreto com EPS não é indicado para estruturas que exijam muito esforço, pois tem menor resistência final do material. Nestes casos, o uso é indicado para regularização de lajes em geral, painéis de fechamento, calçadas e áreas de lazer, como quadras de esportes”, explica Capraro.

Por conta de sua leveza e outras propriedades conferidas pela presença do EPS, como baixa condutividade e grande resistência ao fogo, ele apresenta algumas vantagens, como: 

Como desvantagens, Capraro cita: “Alto custo do material pela menor oferta no mercado; menor resistência à compressão, levando a limitações no seu uso e a menor proteção às armaduras pela troca de agregados e menor densidade da camada protetora”.

Gostou de aprender mais sobre o concreto leve? Então, leia mais sobre a evolução do concreto e as novidades que podem impactar o setor.

Participe do Concrete Show Xperience 2021 e fique por dentro de todas as novidades do setor!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar