Concrete Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Regras de equipamentos de proteção individual na obra

Regras de equipamentos de proteção individual na obra.jpeg
A construção civil é uma das atividades de maior incidência em acidentes de trabalho. Saiba mais!

Implementar boas ações que incentivem o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) nas obras é sempre uma ideia interessante para evitar acidentes e promover um ambiente de trabalho realmente saudável para todos.

Para explicar um pouco mais sobre o assunto, entrevistamos o engenheiro de segurança do trabalho, Antonio Marcelo Funari Ossucci e o engenheiro de segurança do trabalho e mestre em engenharia mecânica, Carlos Eduardo Costa. 

Vamos lá? Boa leitura!

O que é a NR 6?

Atualmente, existem 37 Normas Regulamentadoras (NRs). A NR 6 é uma delas, que estabelece um conjunto de regras para a utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) em todas as empresas.

De acordo com Antonio Marcelo Funari Ossucci, a norma “Contém diretrizes sobre as obrigações de empregadores, empregados e fabricantes quanto aos EPIs, assim como a caracterização dos equipamentos e suas finalidades”.

A norma é extremamente importante, pois “Visa assegurar a proteção dos trabalhadores durante sua jornada laboral”, complementa Carlos Eduardo Costa.

Quais são os equipamentos de proteção individual mais importantes para uma obra na construção civil?

“A construção civil é uma das atividades de maior incidência em acidentes de trabalho. Isso acontece devido às características peculiares das atividades, como a mudança constante dos ambientes de trabalho e mão de obra pouco qualificada. Em virtude disso, os riscos nessa indústria são os mais diversos”, explica Ossucci.

Costa complementa informando que os EPIs variam conforme a função laboral. Os mais importantes são:

  • capacete para proteção contra impactos de objetos sobre o crânio;
  • óculos para proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes;
  • protetores auriculares contra ruído intenso;
  • respiradores para proteção contra poeiras e névoas;
  • luvas de proteção contra agentes abrasivos e escoriantes;
  • calçados de proteção contra agentes cortantes e perfurantes.

Quais são as principais dificuldades na aplicação das regras de equipamento de proteção individual na obra?

Ambos os especialistas concordam que a principal dificuldade da aplicação das regras de proteção individual é a conscientização de todos os envolvidos na obra, principalmente com relação à importância e essencialidade dos equipamentos. 

Para você ter uma ideia, muitas vezes, nem mesmo os superiores utilizam os EPIs quando vão ao canteiro de obras e isso é muito prejudicial. Afinal, na maioria das empresas, há a ausência de uma cultura prevencionista. 

“Muitas vezes, a segurança do trabalho é vista apenas como obrigação normativa, fugindo da compreensão dos empregadores o benefício trazido pela adequada gestão de SST, como, por exemplo, maior produtividade e menores custos acidentários. Do lado dos trabalhadores, a falta de treinamento e conscientização são as grandes vilãs”, explica Ossucci.

Como reverter essas dificuldades?

Veja algumas dicas que os especialistas trazem para ajudar a reverter esse quadro:

  • criar uma cultura prevencionista;
  • investir em mais treinamentos para conscientização;
  • promover o engajamento dos colaboradores com relação à segurança do trabalho;
  • apostar em um diálogo diário sobre a segurança;
  • sempre exigir a Análise Preliminar de Risco (APR) antes de iniciar as atividades;
  • permitir que somente trabalhadores capacitados sejam liberados para trabalhar;
  • evitar improvisações no canteiro de obras;
  • implementar o 5S;
  • vistoriar diariamente o ambiente laboral;
  • incentivar a liberdade de expressão com relação às novas ideias sobre boas práticas no ambiente de trabalho.

Se você gostou de aprender mais sobre as regras de proteção individual na obra, complemente o seu estudo aprendendo mais sobre o gerenciamento de EPIs.

Inscreva-se no Concrete Show Xperience 2021 (26 a 28 de Outubro) e fique por dentro de todas as novidades do setor!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar