Concrete Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Maturidade do Concreto: método para determinar resistência à compressão

Maturidade do Concreto.jpg
O método da maturidade é preconizado pela ASTM C1074-11. No Brasil, ainda não há norma vigente para esse tipo de determinação da resistência.

Maturidade do concreto é o nome de uma técnica utilizada nas obras de construção civil para estimar o ganho de resistência do material tendo como base a temperatura medida durante a cura.

Por meio do método da maturidade é possível acompanhar o desenvolvimento da resistência nas idades iniciais após a concretagem, ajudando na tomada de decisão, economizando tempo e custos na construção.

Para conversar sobre o tema, entrevistamos o engenheiro civil e Gerente de Controle Tecnológico da L.A. Falcão Bauer, Luís Alberto Borin. Com experiência de 30 anos em tecnologia do concreto, Luís aceitou dividir um pouco da sua experiência conosco. Confira!

O que é a maturidade do concreto?

Maturidade do concreto é um método regido pela ASTM C1074-11 – Standard Practice for Estimating Concrete Strength by the Maturity Method.

“Consiste em relacionar um índice de maturidade do concreto determinado por meio da ruptura de corpos de prova de concreto, onde o processo de cura foi controlado em laboratório conforme ABNT NBR 5739 - Concreto — Ensaio de compressão de corpos de prova cilíndricos (amostras de calibração) com concretos em outras situações de cura”, explica Borin.

Estudo de histórico de temperatura

Um ponto de extrema importância neste método é a temperatura, como explica nosso convidado:

“A temperatura é um parâmetro fundamental para o método da maturidade. Utiliza-se do fato da reação de hidratação do cimento ser exotérmica, ou seja, libera calor, e em conjunto ao tipo e consumo de cimento, além da quantidade de massa do concreto”, observa ele.

Borin prossegue: “A determinação da temperatura no interior da estrutura deve ser controlada desde o início do lançamento do concreto até a data em que se deseja determinar a resistência à compressão do concreto.”

Como funciona o método da maturidade do concreto?

Os primeiros conceitos sobre o método da maturidade do concreto surgiram em 1949, quando McIntosh tentou acelerar o processo de cura do concreto, utilizando um circuito elétrico. Abaixo, Borin falou sobre as especificidades de cada um:

Calibração no início da mistura

“São utilizados corpos de prova do concreto especificado, que são submetidos em idades pré determinadas, a ensaios de ruptura, para que sejam determinadas a resistência à compressão e a temperatura na ruptura em cada idade programada do concreto específico em fase de calibração”, afirma ele.

Sensores dentro do concreto

“Medição periódica da temperatura para determinação da maturidade/resistência do concreto utilizando termopares que permanecem totalmente embutidos no concreto após sua aplicação”, aponta o Engenheiro Civil.

Quando é vantajoso utilizar o método de maturidade do concreto?

“Esse método adere a alguns sistemas como: sistema de paredes moldadas no local, pré fabricado, pavimentos, descimbramento e outros sistemas onde há necessidade da retirada de forma de maneira rápida para agilidade de cronograma”, explica Borin.

Mais assertivo em idades curtas (inferiores a 14 dias)

“Por apresentar como parâmetro fundamental para determinação da resistência à compressão axial a temperatura, podemos dizer que o método da maturidade é mais assertivo nas primeiras idades do concreto, até 3 dias, pois nesse período o calor liberado pela reação de hidratação é mais relevante, interferindo no tempo de pega do concreto e consequentemente na resistência à compressão”, conclui o especialista.

As diferenças do ensaio de resistência à compressão e a maturidade do concreto

A determinação da resistência à compressão do concreto é especificado por meio da ABNT NBR 5739 Concreto — Ensaio de compressão de corpos.

“Trata-se de ensaio destrutivo realizado por máquina de ensaios (prensa) que deve atender aos valores máximos admissíveis determinados pela ABNT NBR ISO 7500-1”, cita Luís Borin.

Método não destrutivo

“O método da maturidade é um ensaio não destrutivo, pois a resistência a compressão é determinada pela determinação da temperatura, obtida por meio de sensores instalados no interior da estrutura e que através correlacionada ao tempo (idade do concreto) e a resistência à compressão obtida por meio da ruptura de corpos de prova durante a elaboração da curva de calibração”, explica.

Legislação sobre o método de maturidade do concreto

O método da maturidade é preconizado pela ASTM C1074-11. No Brasil não há norma vigente para esse tipo de determinação da resistência à compressão axial.

“Porém a ABNT NBR 16055 - Parede de concreto moldada no local para a construção de edificações — requisitos e procedimentos, está em fase de conclusão de sua revisão e o texto contempla o método da maturidade para determinação da resistência à compressão de desforma das paredes para a idade especificada em projeto”, finaliza Borin.

Quando falamos em concreto, é impossível não mencionar as anomalias que podem acometê-lo. Continue conosco e leia o artigo sobre as patologias do concreto: quais são e como evitá-las.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar