Concrete Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Exemplos de construção modular no Brasil

Exemplos de construção modular no Brasil.jpeg
O mercado da construção modular enfrenta no Brasil dois assuntos delicados: o financiamento e o preço do aço. Leia mais!

A construção modular, embora esteja sendo cada vez mais procurada pelos brasileiros, devido aos seus grandes benefícios, ainda enfrenta diversos desafios em nosso País.

Para falar um pouco mais sobre a construção modular no Brasil, entrevistamos o diretor da ZenHouse Casas Modulares, Alexander Wickstrom. 

Continue conosco e aprenda mais sobre o assunto. Boa leitura!

O que é a construção modular?

Alexander Wickstrom: Uma casa modular é uma moradia feita numa fábrica e não no canteiro de obras, transportada por módulos para o terreno onde será feita a sua montagem e acabamentos finais. 

Este tipo de casa requer uma preparação antecipada do terreno, a cargo do comprador, por norma, e são vistas como uma ótima solução para quem pretende a construção de uma casa própria em pouco tempo e não quer se incomodar com toda a empreitada.

Em relação ao seu aspecto é possível construir uma casa modular com um estilo moderno, mas existem opções mais rústicas ou minimalistas. Atualmente, essas casas já não estão mais limitadas somente a um piso térreo, pois é possível chegar até vários andares.

Quando pensamos em casa modular devemos lembrar do brinquedo LEGO, pois essa é a maneira em que as casas podem ser pensadas e projetadas, sempre seguindo os alinhamentos da fábrica.

Quais os benefícios da construção modular?

Alexander Wickstrom: As casas modulares, por norma, apresentam-se como casas elegantes, com plantas bem estruturadas e com preços fixos. Mas estas não são as únicas vantagens. Conheça as principais!

1. Se tiver urgência, as casas modulares demoram menos tempo a construir

Quando pensamos em construir uma casa sabemos que será um processo demorado, principalmente com o mercado atual. Desde a criação do projeto da casa, licenciamento e obras, até a entrega das chaves, é normal que passem vários meses, podendo demorar mais de um ano até estar pronta para morar.

Já no caso das casas modulares, elas oferecem a possibilidade de ter a casa pronta em um espaço de três a seis meses, consoante ao tipo de casa que for escolhida, claro. Vale ressaltar que esses prazos são praticamente impossíveis de cumprir em uma obra tradicional.

As casas modulares são construídas em fábricas especializadas para esse fim e como cada construtora disponibiliza apenas alguns modelos, todo o processo de construção é mais rápido do que o normal. Além disso, esse método (quando bem aplicado) diminui vários problemas que podem surgir durante a montagem dos módulos.

Assim que a construção dos módulos estiver finalizada, eles são transportados para o terreno indicado e preparados pelo comprador. Por fim, os profissionais montam os módulos e fazem os acabamentos contratados.

Dessa maneira, o resultado é uma casa nova pronta para habitar em curto espaço de tempo. Inclusive, essa pode ser uma grande vantagem para quem precisa da sua moradia pronta com urgência.

2. Os materiais têm qualidade, isolamento e oferecem segurança

A qualidade de uma casa modular é uma das grandes dúvidas da maioria dos interessados neste tipo de moradia. Esta dúvida está, muitas vezes, associada aos preços baixos anunciados nos contêineres marítimos e aos prazos reduzidos.

As casas modulares são soluções extremamente seguras e resistentes a vários tipos de climas, tempestades e até terremotos. Além disso, este tipo de casa oferece isolamento térmico e acústico superior aos dos sistemas convencionais, sendo este, também, feito em fábrica.

3. Materiais que prometem boa durabilidade

Ainda em relação à qualidade, as casas modulares construídas atualmente são tão resistentes quanto uma casa de construção tradicional. A durabilidade vai acima dos 100 anos. Esta é a mesma durabilidade de uma casa de construção tradicional.

No entanto, é preciso ter atenção que, para aumentar a sua durabilidade, todas as casas precisam de obras de manutenção e conservação, as quais devem ser feitas com periodicidade.

Muitas pessoas desconfiam desta durabilidade, pois associam esta construção às casas pré-fabricadas. A verdade é que uma casa modular é uma casa pré-fabricada, mas o tipo de construção e os materiais utilizados são muito distintos, pois a qualidade é muito superior.

4. Após estar tudo definido, o preço final da casa não pode ser alterado

Esta é uma das grandes vantagens de construir uma casa modular, pois, quando todos os pormenores ficam definidos, como a aceitação do projeto e da planta, materiais a utilizar e acabamentos finais, o preço já não pode ser alterado. 

Este tipo de acordo é uma ótima vantagem, pois evita que existam surpresas no orçamento feito para a construção da casa.

5. Se a família aumentar, a casa também pode aumentar

Uma casa modular é construída por módulos. Como tal, existe sempre a possibilidade de acrescentarmos ou retirarmos módulos da mesma, sem que para isso sejam necessárias maiores alterações na estrutura principal da casa.

Este tipo de alteração é uma enorme vantagem, pois permite a criação de mais quartos se a família aumentar ou caso o orçamento inicial fique apertado e o cliente decida deixar para mais adiante. 

Ainda assim, o aumento ou a diminuição de uma casa modular deve ser bem pensado e falado com a empresa para ser considerado no projeto inicial.

Quais os desafios da construção modular?

Alexander Wickstrom: O mercado da construção modular enfrenta no Brasil dois assuntos delicados: o financiamento e o preço do aço.

O financiamento via bancos é praticamente inexistente e aqui encontramos uma grande barreira a ser vencida, pois nosso mercado fica restrito a clientes que possuem recursos. 

A Caixa Econômica Federal, que é a principal encarregada do financiamento habitacional, não aceita o sistema modular e, nessa linha, segue a maioria dos bancos.

Portanto, precisamos começar a trabalhar juntos entre as empresas fabricantes para conseguir que este sistema construtivo seja aceito e passível de financiamento em breve.

Já o preço do aço aparece como grande vilão nesse momento. Nos últimos 24 meses tivemos aumentos de até 200% e isso tem pesado muito no preço das casas já que no sistema modular o aço tem uma participação muito maior se comparada com a construção convencional, chegando a representar até 20% do valor da casa.

Esperamos que o aço encontre um novo piso de preço e que as conversas com diferentes bancos nos traga boas notícias em breve, o mercado modular precisa disso para se alavancar e continuar crescendo.

Além das casas e empreendimentos comerciais, a construção modular também pode ser utilizada em aeroportos (como o GATGRU), hospitais (como o M’boi Mirim), em centros de treinamento (como o Vasco da Gama) e em hotéis (como o Samba in the box).

Gostou de aprender mais sobre a construção modular no Brasil? Se sim, leia também: Construção híbrida é a solução que combina “o melhor de dois mundos”. Boa leitura!

Inscreva-se para o ConcreteShow Xperience, nos dias 26 a 28 de Outubro, e fique por dentro de todos os painéis!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar