Concrete Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Novo aço de alta resistência é um dos destaques do Concrete Show Xperience

aços_de_alto_desempenho.png
Evento virtual apresentou novidades em soluções para instalações elétricas, produtos de aço, mini escavadeiras para a construção civil

O Concrete Show Xperience, evento virtual para a cadeia produtiva de construção em concreto, foi o espaço escolhido por várias empresas ligadas à construção civil para apresentar novidades em produtos, equipamentos e soluções, inclusive com a exibição de demonstrações e experiências práticas. Entre as novidades, a ArcelorMittal, grupo siderúrgico multinacional, está desenvolvendo novos produtos com aços de alto desempenho para a construção civil. O objetivo, segundo a empresa, é contribuir para a produtividade no canteiro de obras, potencializar a industrialização de elementos e reduzir impactos ambientais na cadeia de construção.  

Durante o Concrete Show Xperience, a ArcelorMittal apresentou o vergalhão CA50 Soldável de Alta Resistência (CA50/S). O engenheiro de Projetos de Inovação e Desenvolvimento de Produtos da ArcelorMittal, Michell Ribeiro Lopes e Silva, explicou que o novo vergalhão CA50/S  é uma solução de alta resistência que apresenta um potencial de proporcionar uma taxa menor de uso do aço em algumas aplicações nas construções. “Observamos uma economia de até 25% na aplicação em fundações e 15% no uso em lajes nervuradas e/ou lajes de grandes dimensões, com a redução no volume de aço”, disse Silva.  

O gerente de Área de Aplicação e Desenvolvimento de Produtos da ArcelorMittal, Luis Adauto Moraes Mazarin, brincou com a ideia de um produtor de aço - como a ArcelorMittal - desenvolver um “um aço para consumir menos aço”. Segundo ele, o objetivo da empresa é apoiar a industrialização da construção civil ao oferecer a melhor solução para cada cliente, inclusive, com o desenvolvimento de aços de maior resistência que proporcionam uma economia no consumo do produto. “O CA50/S está em fase de testes, com algumas experimentações, inclusive em campo, e deve estar disponível no mercado em janeiro de 2022”, afirmou Mazarin.    

O professor e diretor da SOMMA Cálculo Estrutural, Rangel Lage, participou do painel e aproveitou para esclarecer dúvidas sobre a novidade da ArcelorMittal. Ele comentou o potencial da área de aços para inovações e apostou que o vergalhão CA50/S deve atrair muitos adeptos. “Sabemos que atualmente o custo da construção está alto e a demanda também, portanto é essencial buscar melhor eficiência na construção civil. Não é aceitável produtividade baixa e erros de projeto com as atuais margens apertadas. Acredito que um produto como um aço de alto desempenho deverá ter uma aderência muito grande do mercado”, avalia Lage.  

Nova geração da Caterpillar 

Lançamento_Nova_geração_de_Mini_Escavadeiras_CAT.png

Outro destaque do evento foi a Caterpillar - fabricante de máquinas, motores e veículos pesados - que mostrou uma nova geração de miniescavadeiras fabricadas no Brasil. O objetivo da empresa é promover um novo conceito e uma experiência de operação que apresenta mais tecnologia, desempenho e recursos inovadores. Entre as novidades das novas mini escavadeiras estão recursos como controle de deslocamento por joystick, modo cruzeiro ou piloto automático; cabine selada e pressurizada para mais conforto ao dirigir e monitor de led colorido. Outra vantagem da nova geração é mais facilidade de manutenção, com intervalo mais longo entre os serviços, além das baterias livres de manutenção.  

Novos elementos para paredes de concreto 

Componentes_para_paredes_sem_malha.png

A novidade apresentada pela construtech Ambar Polar no Concrete Show Xperience foi uma linha de componentes específica para o uso em obras que utilizam o sistema construtivo de paredes de concreto sem telas ou malhas. “Há uma grande tendência de transformação no método construtivo em obras de paredes de concreto, substituindo as telas ou malhas das paredes por concreto com fibra”, disse o head of Innovations for Buildings da Ambar, Heitor de Vasconcelos Gouveia. 

A linha traz componentes para instalações elétricas (fixador de eletrodutos, caixinhas e quadros de distribuição de circuitos), que são embutidos dentro das paredes de concreto. “Entre as vantagens desses novos componentes estão a velocidade de produção, um serviço mais limpo e que não necessita de tantas peças, porque eles (os componentes) farão parte da forma ao invés de serem fixados na tela ou malha”, comentou Gouveia. 

De acordo com a gerente de Projetos de Inovação da Ambar, Luciana Hergo Delfino, o objetivo central da Ambar é unir a digitalização à industrialização na construção civil. “A inovação faz parte do nosso DNA”, diz Luciana, ao explicar que a área de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&DI) da empresa nasceu em 2017 com o foco de buscar soluções que ajudem a reduzir o ciclo de obras. As soluções da construtech são direcionadas para ganhos na qualidade e reduções de tempo, margens de erros e de custos com retrabalho e também no pós obra. 

Perdeu algum painel do Concrete Show Xperience 2021? Acesse aqui a plataforma da Concrete Show e assista gratuitamente as palestras na aba "On-demand".

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar